31 de Outubro de 2014
Jornal Extra de Alagoas

Notícias

atualizado 05 de Março de 2014 - 11:50

Coluna

Cerca de mil acidentes de trânsito foram registrados em Alagoas no mês de janeiro de 2014

Estatística aponta que mais de 40% dos casos envolvem motocicletas

Os números de mortes e acidentes no trânsito são alarmantes. Vidas e sonhos são perdidos diariamente entre ferragens, latarias, vidros estilhaçados e muita destruição, seja no asfalto ou na cidade. Apenas em janeiro de 2014 foram registrados 994 acidentes de trânsito em Alagoas, com seis vítimas fatais.

A motocicleta aparece no topo da lista com 435 casos, o que equivale a 43,76%. Os dados são do relatório fornecido pelo Hospital Geral do Estado, onde aponta que  sábado e domingo são os dias da semana em que mais acontece acidentes, totalizando 393 casos de atropelamento, colisão e capotagem.A estatística mostra ainda que neste mesmo período as pessoas na faixa etária de 25 a 34 anos foram as principais vítimas com 313 casos, sendo 155 ocorrências com acidentes de moto. Em seguida,  com idades entre 15 a 24 anos com 296 acidentes, sendo 146 com motos.

A maior procedência é do sexo masculino que lidera a estatística com 759 ocorrências e em seguida o feminino com 235. Vale ressaltar que, segundo o relatório, todas as vítimas de trânsito que morreram no mês de janeiro no Estado são do sexo masculino.Segundo dados do relatório, “o fluxo de paciente atendido no Hospital Geral do Estado (HGE) é mais intenso no final da tarde e início da noite, ocasionando maiores números de acidentes”.

Em 2014 foram 292 atendimentos à tarde, 352 à noite, 121 na madrugada e 229 pela manhã.Em 2013, os acidentes com moto em Alagoas chegaram a 4387 ocorrências. Apenas em janeiro do ano passado foram registrados 374 casos, 161 a menos se comparado ao mesmo período desse ano. Dezembro foi o mês que registrou maior número de acidentes, com 483 ocorrências. Em seguida, aparece março com 417 casos. Do total de vítima, 2937 são procedentes da capital e 1450 do interior alagoano.PELO INTERIORNo ano de 2012, a Delegacia de Trânsito de Arapiraca contabilizou 359 acidentes.

Deste total, 210 provocaram ferimentos nas vítimas e 149 apenas danos materiais. Foram registradas 61 mortes nos locais dos acidentes. Em 2013 foram contabilizados 699 acidentes, sendo 382 com vítimas feridas, 317 apenas com danos materiais e, como em 2012, contabilizadas 61 mortes.Os números mostraram ainda que  80% dos acidentes registrados pela Delegacia de Trânsito envolvem motocicletas. O uso de bebida alcoólica, imprudência e imperícia dos condutores foram os principais motivadores dos acidentes.Segundo levantamento feito pelo Hospital Geral do Estado (HGE) que recebe pacientes da capital e do interior do Estado, nos últimos 10 anos o número de vítimas de acidentes de trânsito dobrou.

De  janeiro a setembro de 2013 foram registrados oito mil casos, enquanto que em 2003 as vítimas por acidente de trânsito somaram quatro mil.  Em 2011, Alagoas registrou 538 mortes, ficando com um percentual médio de 9,1 mortes por 100 mil habitantes; já em 2012, com o aumento de veículos nas ruas e o total de 823 mortes, o percentual subiu para 14,1. Um crescimento de 53% nas estatísticas, de acordo dados do 7º Anuário Brasileiro de Segurança Pública.


Maria Salésia sallesia@hotmail.com

Tags: acidentes,trânsito,Alagoas

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário:












Comentário enviado com sucesso.

enviar outro comentário.