21 de Dezembro de 2014
Jornal Extra de Alagoas

Notícias

atualizado 19 de Jun de 2012 - 21:36

ELEIÇÕES MUNICIPAIS

Zinho de Paizinho é pré-candidato a prefeito de Batalha pelo PSB

Gerente de banco há mais de duas décadas, nos últimos 12 anos faz política quase que diariamente como articulador do médio e alto Sertão

Foto: Da Redação

Zinho de Paizinho é pré-candidato a prefeito de Batalha pelo PSB

Zinho de Paizinho é pré-candidato a prefeito de Batalha pelo PSB

José Francisco Soares Nunes é a grande novidade este ano na disputa pela prefeitura de Batalha. Zinho de Paizinho, como é conhecido, confirmou  sua pré-candidatura a prefeito do município pelo PSB  e garante que mesmo nunca tendo disputado um cargo político, nos últimos 12 anos faz política quase que diariamente como articulador, o que o credencia  para a prefeitura. Zinho é de família de políticos e sempre esteve nos bastidores com apoio logístico a aliados de Batalha e Região. 

Casado, 57 anos, três filhos, Zinho disse que entrou na disputa política por que percebeu que há carência de pessoas sérias para conduzir o destino de Batalha. Ele garante que está preparado para  assumir compromisso de administrar o município, pois sua trajetória de vida atesta o quanto já contribuiu e contribui para a região.

De menino da roça, serviu ao exército, foi taxista, é bacharel em Direito, gerente de banco por mais de 20 anos,  pecuarista, assessor especial da Secretaria de Articulação Político do Médio e Alto Sertão e ainda sobra tempo para praticar ação social. E esta última atividade é a que mais gosta de fazer.Mesmo sem ter qualquer pretensão política até então, Zinho desenvolve trabalho social forte na área de saúde em Batalha e municípios circunvizinhos. Segundo ele, devido ao descaso de alguns governantes do município, sempre existiu uma grande lacuna neste setor e por conta disso há mais de 20 anos ajuda as pessoas na realização de exames, cirurgias, consultas médicas e outros procedimentos em Maceió. Na verdade, diz, em sua casa na capital alagoana sempre tem alguém do interior que vem em busca de resolver seu problema de saúde.

“Faço isso por amor. Cada pessoa que é salva com minha contribuição é uma grande satisfação”, garantiu o pré-candidato a prefeito.Entre as ações que tem desenvolvido por estas décadas, Zinho recorda que uma grande satisfação aconteceu no ano 2000 quando comprou um aparelho de eletrocardiograma e instalou em Batalha. Nos quatro anos que o aparelho permaneceu em atividade foram realizados cerca de cinco mil exames em pacientes de vários municípios. Como costuma dizer, é um exame barato, mas era difícil o deslocamento das pessoas para Maceió e com um pequeno gesto foi possível salvar muitas vidas e isso não tem preço.São muitas histórias para contar.

O que dizer de um caso que aconteceu há 18 anos quando um rapaz portador de lábios leporino  procurou  Zinho pedindo para que o operasse. Comovido, entrou em contato com um especialista e foi realizado o procedimento. Tempo depois ficou sabendo que o jovem nunca tinha namorado porque tinha vergonha. Hoje é casado e pai de três filhos. E mais recente, na última campanha Operação Sorriso, como o atual gestor de Batalha não se sensibilizou com a causa, Zinho trouxe seis pessoas com o mesmo problema e conseguiram fazer a cirurgia.

Um deles foi seu Onorato, um quilombola de 72 anos, morador de Batalha.Sobre a descrença da população nos políticos, Zinho disse que “as pessoas tem certa razão em estar com um pé atrás”, mas que devem analisar cada candidato. E garantiu: “se eleito quero ser referência para mostrar ao Brasil que existem pessoas que querem fazer o bem”. E acrescentou que devido as atividades que exerceu não dispunha de muito tempo para se dedicar a política, mas “tenho política como a arte de fazer o bem.”Ele apontou as prioridades para  o município que pretende governa e elegeu a saúde, educação e esporte como peças fundamentais. “É preciso que a prefeitura e o Estado façam a sua parte”. Em relação ao esporte ele sugeriu que deve ser investido em quadras esportivas nas escolas e comunidades. Outra proposta é levar a universidade para Batalha. 

Zinho disse ainda que é preciso qualificar os jovens e estimular a criação de empregos e renda. E estas propostas fazem parte de sua campanha de peregrinação falando de seus projetos para o povo de sua terra. “Quero montar um banco de projetos. Vamos buscar pessoas para pensar bons projetos e a partir daí  viabilizá-los. Quero transformar minha cidade. Fazer em Batalha o que o presidente Lula fez pelo Brasil”, comparou. Presidente municipal do PSB, Zinho quer vencer esta batalha com paz. E garante que tem adversários políticos, mas nenhum inimigo.

E em suas palestras pelo interior do Estado e em Maceió como articulador político e até em rodas de amigos costuma citar exemplos de pensadores e filósofos como Platão, Aristóteles, Sócrates, Cícero, Maquiavel, Rui Barbosa, entre outros. E este filósofo da atualidade diz que gosta mesmo é de ler e ouvir ensinamentos de sua gente simples. Para ele, a escola de qualidade salva vidas. A sua e de tantas outras pessoas foram salvas pelo estudo, disse. E ainda confessou que mesmo com tantas ocupações nutri a vontade de também ser escritor.  Na verdade, com este histórico, Zinho está preparado para assumir qualquer função, inclusive administrar Batalha.


Maria Salésia sallesia@hotmail.com

Tags: politica,Zinho de Paizinho é pré-candidato a prefeito de Batalha pelo PSB

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário:












Comentário enviado com sucesso.

enviar outro comentário.